Descubra como pedir a revisão da aposentadoria no INSS para correção de possíveis erros no cálculo do valor do benefício.

A revisão de aposentadoria é um pedido realizado ao INSS para solucionar problemas relacionados com a concessão deste benefício. No processo de análise da documentação ou por falta de algum documento importante, podem vir a ocorrer erros que levem a concessão de valores menores do que o segurado tem direito de receber.

Portanto, para que esses erros sejam corrigidos e o valor recalculado, se faz necessário entrar com o pedido de revisão.

Todas as informações relacionadas a memória de cálculo da aposentadoria estão contidas no processo administrativo do seu benefício que pode ser solicitado pelo aplicativo Meu INSS ou pela Central no telefone 135.

Como fazer o pedido de revisão?

O pedido pode ser feito presencialmente no INSS. Para isso, é preciso entrar em contato com a central (135) e realizar o agendamento.

Outra opção é a utilização do aplicativo Meu INSS. Na aba “Serviços em Destaque” é possível fazer o requerimento online. Basta responder as perguntas solicitadas, bem como, fornecer os documentos exigidos.

Para garantir que o pedido seja realizado de maneira adequada, sem respostas “impulsivas” ou de pouca credibilidade para a avaliação, é interessante buscar a orientação de um advogado previdenciário.

Após a realização do pedido, o INSS poderá emitir cartas de exigência ou o resultado final. Por isso, é importante se manter atendo. Cartas de exigência são emitidas quando existem documentos necessários ausentes no pedido e devem ser atendidas cumprindo os prazos estabelecidos, que geralmente são de 30 dias.

No caso de pedidos indeferidos, a consultoria do advogado previdenciário se faz necessária. Ele é quem avaliará se o pedido pode ser realizado na esfera judicial.

Até quando posso solicitar a revisão?

Tanto no INSS quanto na justiça, o prazo para a solicitação da revisão é de dez anos após ser realizado o primeiro pagamento da aposentadoria, ou seja, a contagem do prazo é iniciada a partir do segundo mês de pagamento.

Quem pode solicitar a revisão?

A revisão de aposentadoria do INSS pode ser solicitada a qualquer momento por pessoa que está recebendo o benefício ou que, já foi aposentado, porém no momento não está mais recebendo. Pessoas que já receberam, por algum período, algum dos benefícios previdenciários também tem o direito de solicitar.

Apesar disso, se faz necessário que tenha ocorrido algum erro no cálculo feito pelo INSS, assim como a aplicação de tese judicial que afaste o entendimento assegurado pela instituição.

Exemplo comum de erro cometido pelo INSS

Para que fique mais claro o entendimento, vamos a um exemplo. Dona Maria descobriu que sua aposentadoria foi concedida com base no cálculo do seu tempo de contribuição, porém, na época ela já tinha o direito de receber por conta da idade.

É direito do cidadão, obter o benefício que lhe oferece maiores vantagens. Portanto, caso a aposentadoria por idade tivesse maior valor, ela poderia entrar com um pedido de revisão para corrigir o problema.

Como um bom advogado previdenciário pode ajudar?

Um advogado que tenha bom entendimento sobre Direito Previdenciário poderá dar todo o suporte que você precisa, desde a reunião dos documentos necessários para solicitar a revisão, até o preenchimento do pedido, acompanhamento do mesmo e, caso necessário, dar a entrada ao pedido judicial, em casos onde o INSS não reconheça o erro cometido, corrigindo o valor do benefício.

Os Advogados da Costa Mendonça estão preparados para te fornecer todas as informações. Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas sobre como é o processo de entrada para o seu pedido de revisão de aposentadoria.

Compartilhe: